Almir Rizzatto

Jornalista deve ser multi para atuar no Marketing Digital

Jornalista deve ser multi para atuar no Marketing Digital

A atuação do jornalista no Marketing Digital pode (e deve) ir muito além da produção de conteúdo para sites, blogs e redes sociais. Hoje em dia, o mercado exige conhecimentos que vão muito além do que aprendemos na faculdade. Portanto, para aproveitarmos o boom do setor, a primeira coisa a ser feita é mudarmos nossa mentalidade.

“Eu sou jornalista e só escrevo. Não vou criar anúncios no Facebook” ou “Ah, não! Fazer a arte de e-book não é coisa de jornalista. Eu até escrevo, mas diagramar, não”. Se você ainda pensa assim, como se estivesse nos tempos da máquina de datilografar, acredite: vai precisar deixar o orgulho de lado e se adaptar a esta nova era.

Nós, jornalistas, já perdemos muito espaço no Marketing Digital. Profissionais de outras áreas, inclusive, vêm fazendo tarefas que deveriam caber a nós, jornalistas, como produção de textos. Fomos engolidos justamente porque não nos preparamos para atender as demandas de um novo mercado, que, hoje, exige uma atuação 360.

Não podemos mais ser vistos como “apenas” produtores de conteúdo. Somos profissionais de comunicação. E acredito que sejamos os mais capacitados para ter uma atuação multi. Se um cliente pedir um e-book, você vai precisar entregar o livro eletrônico completo, pronto, com texto e diagramação. E, de preferência, até já disponibilizar o infoproduto numa plataforma.

Produzir textos para sites e blogs hoje exige técnicas de SEO. O cliente não quer apenas um post bem escrito, ele deseja ser encontrado pelo Google, melhorar seu posicionamento nos buscadores, para que a procura por seus produtos e serviços aumente. Veja como agora estamos umbilicalmente ligados às vendas, o que antes era inimaginável para nós, jornalistas.

Nas redes sociais, saber criar conteúdo relevante, que proporcione engajamento, é o mínimo. Também é preciso criar artes, monitorar, atender usuários e, especialmente em tempos de alcance orgânico cada vez menor, saber elaborar anúncios. E você ainda deve saber analisar métricas para apresentar os resultados aos clientes.

Montar um curso online, publicar vídeos no YouTube, criar landing pages, elaborar sequências de e-mails… Pode se acostumar com a ideia de fazer esses jobs, uma realidade para muitos jornalistas que já atuam com Marketing Digital. Se você vê tudo isso como desvalorização da nossa classe, eu prefiro encarar como reinvenção. Ou, até mesmo, salvação.

Participe da próxima turma do curso de Marketing Digital para jornalistas!

Materiais para ajudar o jornalista no Marketing Digital 

E-book-Glossario-de-Maketing-Digital-para-jornalistas-Capa-no-notebook

E-book: Glossário de Marketing Digital para jornalistas

E-book Introdução ao Inbound Marketing para jornalisttas

E-book: Introdução ao Inbound Marketing para jornalistas

Agenda do curso de Marketing Digital para jornalistas

Curso de Marketing Digital para jornalistas

Outros conteúdos de Marketing Digital para jornalistas:

Colegas jornalistas, trabalhar é preciso, mas estudar é fundamental

Como 1 e-book pode render 4 jobs para jornalistas

O que você vem fazendo diante da crise no jornalismo?

O trabalho como jornalista não vai enriquecer você

4 maneiras de jornalistas atuarem com Marketing Digital

Marketing Digital: um promissor campo de atuação para jornalistas

Assessoria de imprensa não é Marketing Digital e vice-versa!

Jornalista, é hora de se reinventar!

Sobre o autor | Website

Almir Rizzatto é jornalista, fundador da RZT Comunicação, especialista em Marketing Digital e instrutor do curso "Marketing Digital para jornalistas".

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!