Almir Rizzatto

Colegas jornalistas, trabalhar é preciso, mas estudar é fundamental

Colegas jornalistas, trabalhar é preciso, mas estudar é fundamental

Na turma de fevereiro do meu curso de Marketing Digital para jornalistas, perguntei quem ali estava estudando pela primeira vez depois da faculdade. Fiquei impressionado quando vi que 80% da classe levantou a mão. Havia profissionais com anos e até décadas de experiência!

O que eles tinham feito ao longo desse longo período? Apenas trabalhado. E, claro, ralado muito, sempre com a sombra dos passaralhos. É o seu caso também?

Ao mesmo tempo em que senti orgulho de fazê-los voltar a uma sala de aula, confirmei algo que sinto há anos: o desinteresse de muitos colegas em estudar. E essa inércia não faz o mínimo sentido quando vemos que, dentre as principais áreas, a comunicação talvez seja uma das que mais vem sofrendo mudanças ao longo dos anos com boom do online, do digital.

É como se os jornalistas tivessem parado no tempo, enclausurados em redações e agências. Mas por que isso acontece? Eu aposto em comodismo. Por trabalharmos com informação, muitas vezes nos vemos como profissionais atualizados, por dentro de tudo, o que não exige nenhuma capacitação extra. Ledo engano. É preciso sair da bolha e parar de achar que basta dizer que é jornalista.

Nossa área é tão rica em oportunidades… Estudando, eu vi, por exemplo, que poderia atuar em outras frentes, prestar serviços que tinham enorme demanda do mercado e até empreender. Descobri algo ainda mais gratificante: com o conhecimento que adquiri em cursos, workshops, palestras e livros, eu poderia ajudar e ensinar outras pessoas, inclusive colegas de profissão.

Mude sua mentalidade!

Tendemos a entrar num círculo vicioso, com procura de emprego, ralação (muitas vezes, exploração) e passaralho. Isso não é viver, mas, sim, sobreviver. E o pior é que alguns acabam se acostumando, achando que faz parte da profissão que escolhemos.

Acredite: com qualificação, a chance de você fugir disso é enorme. Naturalmente, várias possibilidades surgirão, você se diferenciará de quem ainda está hibernando e verá oportunidades para empreender, usando a sua experiência como jornalista. Você pode até descobrir e se apaixonar por uma área que nem fazia ideia que existia!

Ah, e por favor, nem levante a desculpa de que, no final do mês, não sobra dinheiro para investir ou que você está desempregado. Hoje existe um mar de ótimos conteúdos na internet, eventos online e presenciais… Tudo gratuito! Sem falar em cursos de baixo custo no Sebrae, Senac e sindicatos.

Basta um pouco de atitude e humildade para reverter esse cenário. Que tal começar agora?

Inscreva-se na próxima turma do curso “Marketing Digital para jornalistas”!

E-book-Glossario-de-Maketing-Digital-para-jornalistas-Capa-no-notebook

E-book: Glossário de Marketing Digital
para jornalistas
Valor:
 Enorme | Preço: Grátis

 

E-book Introdução ao Inbound Marketing para jornalisttas

E-book: Introdução ao Inbound Marketing
para jornalistas
Valor: Enorme | Preço: Grátis

Sobre o autor | Website

Almir Rizzatto é jornalista, fundador da RZT Comunicação, especialista em Marketing Digital e instrutor do curso "Marketing Digital para jornalistas".

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

3 Comentários